Mais uma build interna de testes do Windows 7 cai nas mãos dos piratas/entusiastas. Depois da build 7000 (a beta) ter vazado algumas semanas antes da Microsoft disponibilizá-la publicamente, a build da vez é a 7022.

winver7022yr0as3

     A compilação é 7022.winmain.090115-1850. Isso indica que ela foi compilada a quase um mês atrás (dia 15/01, às 18h50). Embora existam imagens de builds posteriores, como 7025 e 7030, as mesmas não foram confirmadas.

     A última build “vazada” hoje, e confirmada por diversas pessoas que baixaram e instalaram o sistema, conta com mudanças aparentes tais como a inclusão do Internet Explorer 8 RC1, alterações estéticas na sidebar e Windows Media Player.

cdv888pda5Novo painel de controle

Dx11 01DX11

     Segundo o site torrent russo, onde o Windows 7 build 7022 apareceu pela primeira vez, o sistema vazou da Microsoft Ucrânia. Ainda não foi constatado se essa última build vazada contém algumas mudanças no UAC (User Account Control) prometidas pela gigante de Redmond

     Num post no blog oficial do Windows 7 na semana passada, surge a informação de que o Windows 7 não terá mais nenhum beta. A próxima fase do sucessor do Vista é a RC (release candidate), seguido da versão RTM (release to manufacture), sendo que da RC para RTM não deve haver mudanças importantes. Ou seja, cada nova build compilada do Windows 7 a partir de agora é decisiva. Ele está se aproximando cada vez mais da versão RC, e consequentemente da RTM (a que realmente interessa ao usuário final).

     A nós só resta torcer para que tudo dê certo, os supostos preços vazados sejam falsos e os reais mais  em conta, além do prazo (não divulgado ainda) seja cumprido.

_[ Testes Comparativos ]_

 

Sistema utilizado nos testes:

  • Processor : Core 2 Duo E8500 @ 3.6 GHz (450 MHz x8) , 1.15v,

  • Motherboard : Biostar Tpower Ip45 .

  • Memory : 2x 1 GB Ocz Reaper extreme 1150 MHz (5-5-5-11) . (@1180 MHz)

  • Video card : Nvidia 9800 GT (700Mhz Core , 1860 memory , 1700 SHader)

  • HDD : Raid0, 2x Seagate 320 GB

Windows 7 Beta 1 7000 Vs Windows Xp Sp3 (Compressing / Decompressing) :

 

Windows 7 Beta 1 7000 Vs Windows Xp Sp3 (Memory and Some CPu) :

Windows 7 Beta 1 7000 Vs Windows Xp Sp3 (Cache / Memory) :

Windows 7 Beta 1 7000 Vs Windows Xp Sp3 (HDD) :

Windows 7 Beta 1 7000 Vs Windows Xp Sp3 (Rendering/OpenGL) :

Windows 7 Beta 1 7000 Vs Windows Xp Sp3 (3D Synthetic/Real gaming) :

     MahZah! 7zaum ownando nos jogos 😀 Não vejo a hora de lançarem oficialmente essa biroska ^^

Anúncios

     É… a vida não é fácil, não… principalmente de quem vive da área de TI. Foi pensando talvez, nisso, que um diretor irlandês genial Graham Linehan e produtor egípcio Ash Atalla, fizeram ao criar o seriado IT CROWD.

it crowd - main

     Atualmente existem 3 temporadas, cada uma com seis episódios que foram produzidos e gravados em frente de uma platéia ao vivo, a primeira temporada no Teddington Studios e a segunda no Pinewood Studios. Os dois primeiros episódios foram transmitidos pelo Channel 4 no dia 3 de fevereiro de 2006, numa sexta-feira e a segunda temporada começou no dia 24 de agosto de 2007 e a terceira 21 de novembro de 2008.

História

     The IT crowd se passa nos escritórios das indústrias Reynholm, um corporação britânica fictícia localizada no centro de Londres. A série se concentra nas travessuras de uma equipe de suporte técnico, o IT (IT do inglês information technology formada de três pessoas, Roy(chris O’dowd), Maurice Moss(Richard Ayoade) e Jen Barber(Katherine Parkinson) os quais, vivem em um imundo e desmantelado porão, embora o resto da organização presencie uma arquitetura de forte e brilhante contraste moderno, com visões deslumbrantes de Londres.

theitcrowd Site oficial: http://www.channel4.com/programmes/the-it-crowd

     Roy e Moss são os dois técnicos caracterizados pelos seus comportamentos nerds, mesmo que a empresa dependa de seus serviços, eles são desprezados pelo resto da equipe. As irritações de Roy são demonstradas pelas suas técnicas em ignorar o telefone na esperança de que ele pare de tocar. O amplo conhecimento que Moss possui relacionado a coisas técnicas é demonstrado em sua extrema precisão, ainda que tenha sugestões completamente indecifráveis e demonstre incapacidade de lidar com problemas práticos como apagar incêndios e remover aranhas.

Roy

roy
     O rosto sorridente da área de T.I. No departamento Roy tem crises de personalidade o que garante que ele vai ser sempre mantido longe das pessoas normais, desde que seja possível. Ele é o rei do porão, ama gibis, fast food, computador, jogos aleatórios e discutir argumentos com seu melhor amigo, Moss.

Moss

   moss Moss vive com a mãe dele, que também veste-o, escolhe os estilos do cabelo dele e compra suas roupas.
Ele é muito inteligente, tem medo de aranhas e as habilidades sociais de um serial killer. O mais próximo que ele tem para uma mulher é Lara Croft, e ele luta para se comunicar com qualquer coisa que não tem um teclado.

Jen

jen      Jen não sabe nada sobre isso computadores. Ela só tem o trabalho porque ela disse que ela tinha grande experiência de como usar computadores, clicando, clicando duas vezes, e aquela coisa que vai ao chão … o hard-drive? Bem, como sua linha é de gerente, Jen é chefe de Roy e Moss. Não que sua vida esteja indo muito bem, mas ela só quer o melhor para eles.

 

     Para qualquer nerd adorador de um bom humor inglês, IT Crowd é imperdível. Se passa no isolado departamento de TI de uma empresa com os “standard” nerds Moss, o nerd clássico dos anos 80 e Roy, o atrapalhado. Jen, a mulher da turma e protagonista da série, conseguiu um emprego no departamento apesar de ter conhecimentos bem limitados de informática – algo demonstrado no primeiro episódio de forma sagaz.

Vou ir postando aos poucos os episódios aqui no blog. Eu mesmo estou ripando, e o source (fonte) é HDTV então… apesar de ser RMVB a qualidade está muito boa. Cada episódio tem cerca de 80mb

Enjoy people! 😉

Episódios – 1º Temporada

01 – Yesterday’s Jam
02 – Calamity Jen

[edit] To bem sem tempo galera, mas pra não deixar o vc´s na mão vou postar abaixo o link pra down (em torrent) das 3 temporadas. As legendas vc´s podem pegar em http://legendas.tv/ 

Download: The IT Crowd – 3 Temporadas

image

Senhoras e senhores, permitam-me apresentar o *Karmic Koala*, mais novo membro do nosso aliterativo zoológico.

Quando você pensa na versão “congelada” do Jaunty talvez venha à cabeça um Koala, nosso mascote oficial do Ubuntu 9.10. Agora você verá o que esperamos terminar a tempo para o lançamento dessa versão.

Continue lendo o resto desta postagem…

Servidor

Um bom Koala sabe achar boas árvores na floresta, mesmo quando sua cabeça está nas nuvens. O Ubuntu planeja manter em uma solução gratuita para a computação nas nuvens usando a API do Amazon EC2, permitindo qualquer um “ficar nas nuvens” usando somente ferramentas open source. Nós atualmente estamos trabalhando na versão beta da AMI do Ubuntu para uso no Amazon EC2.

Durante o ciclo Karmic, queremos um jeito fácil para implantar aplicações nas nuvens, com um pronto-para-rodar ou rapidamente construir uma imagem customizada. O Ubuntu-vmbuilder permite criar com facilidade uma AMI custumizada, mas um portifólio com imagens de perfis padrões tornará fácil a colaboração entre pessoas fazendo coisas parecidas. Você não estaria interessado em fazer da selva Amazon mais fácil de navegar como, digamos, o APT?

O que você precisa para fazer sua nuvem EC2 por conta própria? De todas as árvores da floresta, a favorita do Koala é o Eucalipto. O projeto Eucalipto, da UCSB, te permite criar uma nuvem tipo EC2 central com os seus próprios arquivos e hardware. Não por coincidencia que justo o Eucalipto foi carregado para o universo e será parte do Jaunty – durante o ciclo Karmic esperamos fazer as nuvens dançar, com um crescimento ou encolhimento de alocações de recursos dinamicamente dependendo da sua necessidade. Um Koala inteligente sabe que o melhor jeito de conservar energia é ir dormir, e nesses dias sabe quando acordar e voltar a dormir. Então imagine se nós conseguisemos tornar possível a criação de uma nuvem de computação facilmente que sua energia se reduzir-se-ia a praticamente zero, e voltando ao normal quando o processo fosse mais pesado. Sem precisar beber da fonte de energia quando não for preciso. Se você concorda conoso, nosso Koala irá te ajudar muito mais.

Se isso te parece bastante vago demais para você, então sinto te dizer que isso é só a ponta da computação nas nuvens do futuro. Te convido para se juntar à equipe do servidor no UDS em Barcelona, onde definiremos exatamente as características que serão lançadas em Outubro.

Desktop

A primeira impressão conta. Nós estamos seguindo a risca o desenvolvimento do kernel mode-setting, onde prometemos uma inicialização rápida e direta.

Consideramos opções como o Plymounth da Red Hat, para um boot gráfico em todas as placas que o suportam. Nós fizemos um splash a alguns anos com o Usplash, mas está na hora de criar algo novo e mais chamativo. A notícia boa é que o boot será bonito. A má notícia é que não demorará para apreciá-lo! Demorará somente 35 dias para fazer todo o do Koala e esperamos ter o seu novo estilo o mais rápido possível. A meta do Janty em um netbook é 25 segundos, então vamos ver o quão mais rápido conseguimos no desktop Koala. Ainda queremos proporcionar uma nova experiência no login que complementará o boot gráfico, e que satisfaça tanto pequenos grupos quanto instalações em grandes empresas.

Para aqueles interessados num Mini Me, ou já tem um Dell Mini, o Ubuntu Netbook Edition será atualizado ainda com as últimas tecnologias do Moblin, e turbinar para funcionar melhor em suas telas será nosso desafio. Com milhões de netbooks com Linux pelo mundo a fora, estamos estudando e adaptando sua usabilidade para fazer o Koala mais simples do que nunca. Ainda queremos deixar a instalação do Netbook Remix mais simples e que trabalhe perfeitamente no hardware mais novo, então considere isto um convite para testar o Ubuntu 9.04 se você é dono de um equipamento desse tipo.

A versão Desktop passou por todo um redesign – nós estamos começando com uma mudança drástica para o novo visual do Ubuntu. Marrom tem servido bem, mas para o Koala temos considerado outras opções. Venha para a UDS para ter uma prévia da nova aparência.

UDS em Barcelona, de 25 a 29 de maio

Como sempre, o Ubuntu Developer Summit será recheado de novas idéias, inovações, visitantes e gurus. Será uma área com discussões de altíssimo nível entre desenvolvedores e um ótimo lugar para descansar seus dedos em Maio. Onde a comunidade Ubuntu, os engenheiros da Canonical e parceiros se reunirão para discutir, debater e fazer o brainstorm do Karmic Koala. O evento social é uma estratégia de cada ciclo de lançamento. Jono Bason, o Ubuntu Community Manager tem mais detalhes em http://www.jonobacon.org/2009/02/19/announcing-the-karmic-koala-ubuntu-developer-summit/, incluindo patrocínios, para ajudar os membros da comunidade.

Mais detalhes do Ubuntu Developer Summit podem ser encontradas em http://wiki.ubuntu.com/UDS.

Um Koala recém-nascido demora em torno de seis meses no berço da família até encarar a selva sozinho. Encaixa perfeitamente com o plano de lançamentos do Ubuntu! Espero muitos de vocês em Barcelona, mas antes disso, na festa de lançamento do Jaunty. Até lá e, saúde.

Texto original: https://lists.ubuntu.com/archives/ubuntu-devel-announce/2009-February/000536.html

image

     Dicionario Aurélio totalmente portable para você rodar direto do seu pendrive/mp4/whatever.  Não necessita instalação.

image

image

Portable LimeWire é a versão portátil do conceituado compartilhador de arquivos LimeWire. Esta versão é oficial, ou seja, criada pelos mesmos desenvolvedores da versão original do software.

Esta versão funciona a partir de pen drives, CDs, DVDs, MP3/MP4 Players e também outros dispositivos removíveis e é bastante fiel à versão original do programa, contendo a mesma interface e, principalmente, a mesma eficiência.

download

image

O Norton PartitionMagic™ 8.05 da Symantec permite a organização fácil do seu disco rígido, através da criação, redimensionamento, cópia e mesclagem das partições de disco. Separe seus sistemas operacionais, aplicativos, documentos, músicas, fotos, jogos e arquivos de backup para reduzir o risco de perda de dados, no caso de travamento do sistema. Você pode também utilizar várias partições para executar diferentes sistemas operacionais de forma segura e eficiente.

Mais uma vez lembrando que você precisa ter o software original pra poder usar legalmente essa versão portable.

image

image

O GetDataBack faz a alegria do usuário detalhista que precisa voltar no tempo e recuperar um arquivo que foi apagado por engano. O programa fornece detalhes precisos sobre os drives vasculhados e sobre os arquivos encontrados. Entre as informações mostradas estão o número de setores do HD e o tipo de informação encontrada em cada uma das unidades de disco durante a varredura. O programa permite até mesmo ver a seqüência de bits em cada byte do arquivo.
O GetDataBack se saiu bem sempre que precisei dele. A ferramenta obteve êxito nas tarefas de recuperação de documentos apagados tanto em partições formatadas no padrão NTFS quanto em partições FAT.
Mas, diferentemente de outros programas dessa mesma categoria, o GetDataBack não trabalha com esses dois sistemas de arquivos de forma simultânea. Há versões distintas para NTFS e FAT.
O principal ponto fraco do programa é não incluir um visualizador de arquivos. Para mostrar prévias, ele ativa um dos aplicativos relacionados instalados na máquina. A abordagem técnica e a presença de recursos como recuperação de arquivos em rede fazem do GetDataBack uma opção interessante para administradores de rede. Mas usuários individuais podem se confundir com o excesso de informações.
Lembrando que você precisa ter o software original pra poder usar legalmente essa versão portable.

PS: O .rar tem as 2 versões (NTFS & FAT) juntas.

image

     Tire um verdadeiro raio-X de seu computador, descubra se comprou o equipamento real que lhe foi indicado pelo vendedor ou foi enganado. Visualize as informações do seu sistema e diagnostique suas reais capacidades. Você terá acesso às informações técnicas de seus softwares, placa-mãe, placas de vídeo, HD, memórias, monitor e muito mais.

     O programa também faz testes comparativos com as memórias, monitora a temperatura da CPU e cria um pequeno relatório em formato TXT, contendo todas as informações da sua máquina.

     Muito útil para descobrir a identidade de seu computador e o que está instalado nele.

     Lembrando que você precisa ter o software original pra poder usar legalmente essa versão portable 😉

      UPDATE: Atualizado para a versão 5 😀

Windows 7

Windows 7

Para quem ja instalou o Windows 7 Beta, deve ter notado que na barra de título tem a opção de enviar Feedback para a Microsoft. Isso é legar, pois se tratando de um produto Beta é legal que você envie suas críticas e sujestões. Mas você quer remover existe uma sugestões. Vamos ao passo a passo:

  1. Abra o registro do windows
  2. Navegue ate a chave: HKEY_CURRENT_USER\Control Panel\Desktop
  3. Procure pela registro: FeedbackToolEnabled
  4. Mude o valor para 0
  5. Faça logoff e logue novamente

Fonte: http://www.tech-recipes.com/rx/3821/windows-7-beta-remove-the-send-feedback-link-from-the-title-bar/

[]´s

Não querendo puxar a brasa pra Linux nem pra Ubuntu (afinal meu OS preferido no momento é o Windows 7), mas conversando com um pessoal, descobri que a maioria só conhece o Yellow Dog Linux pra PlayStation 3, que muita gente acha ruim pacas.

Acontece que existem muitas outras distros de Linux pra PS3, e como nosso favorito é o Ubuntu, resolvi publicar pra comunicar a existência do PSUbuntu.

PSUbuntu é uma distro do nosso querido Ubuntu, o “Linux for human beings”, ou seja, mais amigável e simples para usuários novos na área de Linux, para PlayStation 3. A instalação dele é simples, e o funcionamento também.

Quem tiver interesse basta acessar o site da distro, http://www.psubuntu.com .

Abração!

@Fabricio_IT

@ChokitoDoPoder

Blog Stats

  • 48,691 hits